Segurança

Pego o carrinho de compras na entrada do Pão de Açúcar (“lugar de gente feliz”), surge na minha frente o segurança, preto, de terno preto e camisa branca, alto, forte, cabeça raspada, barba feita. Aproxima-se com jeito de que vai medir minha temperatura: o senhor me permite? Mediu com aquele negocinho de medir parecido com [...]

Em primeiro lugar os outros, depois ele, o campeão

A 100ª medalha de ouro do Brasil na história dos Jogos Paralímpicos veio com o recorde mundial no atletismo, nos 1.500 metros (classe T11, cegos). Disparado. O autor do feito histórico, o atleta Yeltsin Francisco Ortega Jacques, nasceu com baixa visão (0,5%), em Campo Grande (MS), em 1991. Todo mundo viu pela televisão ele e [...]

Leitura labial

A seleção feminina de vôlei do Brasil entrou na Arena de Ariake, na capital do Japão, para enfrentar a seleção do ROC. Quem está acompanhando as Olimpíadas de Tóquio provavelmente já se deparou com essa sigla nada familiar. Essa abreviação designa o Russian Olympic Committee (Comitê Olímpico Russo em inglês). (Cabe aqui um breve parênteses: [...]

Cheiro de atleta

O SporTv apresenta um programa diário antes de começar as transmissões do dia (noite aqui) dos jogos do Japão: “Ohayo Tóquio” (Bom dia, Tóquio). É comandado pelo jornalista Marcelo Barreto e pelo treinador Bernardinho, com participações de um time de comentaristas para cada modalidade, geralmente ex-atletas. No dia da prova de revezamento dos 4 x [...]

E você, já tocou em quem?

Início dos anos 1990. A NBA entra com tudo nos lares brasileiros pela televisão. João e Gabriel, meus dois mais velhos, então pré-adolescentes, disputavam o Campeonato Paulista de Basquete Infantojuvenil e Infantil, respectivamente, pelo Esporte Clube Pinheiros. Federados. (Federado é quem compete em torneios oficiais de alguma federação, seja basquete, tênis, futebol, etc, com direito [...]

Espírito olímpico

“O importante não é vencer, mas competir. E com dignidade.” A frase é atribuída ao educador francês Pierre de Frédy (1863-1937), mais conhecido como Barão de Coubertin, o nobre que inventou os Jogos Olímpicos da Era Moderna a partir de 1896. Na minha turma de esportistas, a máxima do barão nem sempre é levada ao [...]

Oitenta e poucos (II)

Aquele meu amigo com oitenta e poucos nas costas, charmosão até hoje, além de mulherengo, é sistemático. Aos sábados e domingos vai sempre almoçar no mesmo restaurante e senta-se na mesma mesa. Há séculos. Ele me contou outro dia que recentemente apareceu no restaurante uma jovem bem vistosa e interessante, também só nos fins de [...]

Oitenta e poucos

Tenho um amigo já com mais de oitenta anos nas costas, separado há mais de cinquenta. Poucas namoradas sérias, uma ou duas, mas a vida toda mulherengo, sempre fui o homem mais lindo da minha cidade (veio do interior), da minha cidade e da região, faz questão de frisar. Agora, vive para os filhos e [...]

Questão de fé

Meu caçula tem um amigo que está fazendo cursinho para prestar vestibular. Ele, o amigo, ainda não sabe o que quer fazer da vida. A avó sugeriu estudar Teologia. — E o seu amigo sabe o que é isso, filho? — Não sabia até dar um Google. — E aí? — Aí que ele cancelou [...]

Amor profundo

Amor profundo Seu Joaquim, o zelador aqui do prédio, baixinho, baiano namorador, é sempre visto pelo edifício falando manso no celular. É conversador. Outro dia me pegou na garagem para trocar umas ideias mais ele. Lá pelas tantas, faço a pergunta que sempre solto quando conversamos: — E aí, Seu Joaquim, namorando? — Sim, Seu [...]