Conversa de homem

Quando surgiu a primeira pílula para disfunção erétil, foi uma festa no clube. A turma dos veteranos do futebol não falava outra coisa. — É uma maravilha! Nem parece que é seu. Já experimentou? O primeiro que experimentou, o mais velho do time, que nem joga mais bola, quase foi expulso de casa. Tomou, mostrou [...]

Mestre Dunga Zangado

Dunga falou: “Temos que respeitar as individualidades, quando estamos concentrados na seleção, para o bom convívio geral. Agora, quando cada um estiver livre, aí, depende. Cada um tem o gosto de fazer alguma coisa. Nem todo mundo gosta de sexo, nem todo mundo gosta de tomar o seu vinho, nem todo mundo gosta de sorvete. [...]

Os malas

— Só mais uma coisa. Presta atenção! Cuidado, muito cuidado com as malas. Fiquem espertos. – Preveniu o melhor amigo, padrinho de casamento. O casal nunca havia viajado. Ela, jamais tinha saído de Piracicaba. Ele, só foi para São Paulo uma única vez, pra jogar basquete, num inter-colegial. E isso há muitos anos. Só se [...]

Dois valetes espada

(Para Roberval Adas e Ricardo Assef) Quando fomos lançar o ‘Damas de Ouro e Valetes Espada’, livro de alguns dos cronistas do Primeiro Programa, em Lins, tive a felicidade de ver dois amigos queridos, o Babá e o Professor, sentados à mesma mesa, com as suas respectivas, na maior alegria. Estavam brigados havia anos e [...]

O mocassim

— Ah, não! O jantar é descontraído. Coloca o mocassim! Você já reparou num mocassim? Mocassim é invenção de índio. Índio americano, daqueles que sempre apanharam do John Wayne no cinema. Eram sapatos feitos de casca de árvore, sem salto. — E sem meias! O mocassim foi modernizado, hoje é encontrado em qualquer parte do [...]

O Cebola

— Tá lembrado de mim? O Cebola! — …? E agora? Preciso pensar rápido! Cebola… Cebola… Ah, é o que perdeu os quatro dedos da mão esquerda, quando capotou o carro. Estava dirigindo com uma mão no volante e a outra segurando a porta do carro, com o braço levantado. O carro virou em cima [...]

Tintura campeã

— Você é nova no estúdio? — Sou, sim. Maria do Carmo. Ducarmo! — Muito prazer! — Vai cortar com o Wanderley, né? — Vou! — Então, pode sentar aqui, que eu vou te lavar o seu cabelo. — Aqui? — Shampoo? — Pode ser. Lógico, shampoo! Nunca te vi no estúdio… — Deixa eu [...]

Ela é carioca

Um ano e oito meses depois de ter iniciado (e terminado) minha carreira de bancário do Banco do Brasil, onde tinha estabilidade e uma promissora aposentadoria no futuro, resolvi ir para o Rio de Janeiro. Trabalhar e curtir a beleza da cidade e das mulheres maravilhosas. Era jovem. Escrevia para um jornal alternativo durante o [...]

Os meus com sete

Sete anos é uma idade interessante. A criança não é mais bebê, muito menos pré-adolescente. Já lêem e escrevem como gente grande. Ao contrário da minha época, quando, com essa idade, estávamos começando o be-a-bá, pelo Caminho Suave, a cartilha. A cabeça da meninada de hoje é à mil. São sabidas. Atentas. Curiosas. E o [...]

Mineiros dos séculos passados

Alberto era fazendeiro. Nascido e criado no mato. Nunca cuidou direito de suas terras herdadas de antepassados. Mario era da cidade, tinha um cartório, herança do pai. Mario era alto e magro. Muito magro. Tão magro, que quando foi tomar banho em um hotel de luxo em Ribeirão Preto, o jato da água do chuveiro [...]