Vaidade

Tenho uma amiga toda certinha, que vive de acordo com os protocolos da vida. Na quarentena, não é diferente. Outro dia, entrei no WhatsApp pra saber como ela estava.

— Trancada dentro de casa, não saio nem pra levar o Dunga (cachorro) pra fazer cocô. Cento e vinte dias sem dar um jeito nesse cabelo. Também, a casa tá uma bagunça, descobri que não tenho jeito nem paciência pra fazer faxina. Tudo desarrumado, as coisas fora do lugar, isso aqui tá uma zona.
— E como é que faz com esse cabelo, sem corte, sem tintura?
— Pois é! E você acha que eu vou arriscar sair de casa com essa raiz de quase dois centímetros de cabelo branco e pegar a coisa? Não entro numa UTI com essa raiz nem morta!
— Pelo menos sai na rua pra levar o coitado do Dunga fazer cocô.
— Tá louco? E se eu tenho um mal súbito na rua, me acham, me trazem aqui pra casa e essa bagunça toda?

Comments are closed.